14 de maio de 2013

Maldito Cipriano

Por Steven Doll-Torgdsen

Há um tempo atrás comprei um livro chamado "São Cipriano - Capa Preta". Esse livro contem a história da vida do bruxo Cipriano e inúmeros feitiços e rezas, além de trazer ensinamentos tanto da magia negra quanto branca.

O fato é que desde que comecei a ler esse livro comecei à ter muitos pesadelos à noite. Até aí eu achava que estava tudo bem, pois o livro contém passagens que impressionam, como as conversas de Cipriano com Lúcifer, os espíritos das bruxas que apareceram à Cipriano, rituais de exorcismo e até um vodu. Mas mesmo tendo pesadelos continuei lendo o livro, e sempre que possível fazendo alguns dos "trabalhos" do livro.

Nunca acreditei no sobrenatural, mas agora minha opinião mudou. Meu primeiro contato com o sobrenatural foi numa noite à qual eu dormia e comecei a escutar uma respiração ofegante e gemidos bem baixos. Acendi a luz e vi uma mulher de roupa branca, pendurada numa corda, como se tivesse sido enforcada. Seus olhos estavam fechados e a tal mulher estava branca como papel. Nunca senti tanto medo na vida quanto aquela noite. Saí do quarto e chamei um vizinho para ver. Na hora que ele chegou e nada viu disse:

- "Pô cara, você me acorda as três da madrugada para me sacanear,está louco?"

Depois de falar isso voltou à sua casa. De fato à mulher não estava mais lá, não havia explicação, tentei dormir na sala, mas aquilo não saia da minha mente e não me deixou dormir aquela noite. Deduzi que aquilo era algo sobrenatural e com certeza era culpa do maldito Cipriano, dei um fim no livro, mas mesmo assim vejo espíritos, não em todos os lugares, nem com uma frequência muito grande, mas vejo. Não sei se isso é um dom, mas tenho muito medo.

Se falo para alguém ou fazem chacota ou me tratam como insano. Além desse negócio de ver espíritos, acabei perdendo meu emprego e minha mulher se separou de mim.

Não tenho dúvidas, o livro de São Cipriano é maldito!

Fonte: Sobrenatural.Org

Sugestões da nossa loja oficial, a LojaSobrenatural.com.br
Comentários