17 de maio de 2013

A Lenda do Pacto de John Lennon


Os Beatles, como a banda de  rock mais famosa de todos os tempos,  são também cercados de lendas urbanas, como não poderia deixar de ser. Uma das mais conhecidas diz respeito a John Lennon.

Contam que, quando John Lennon era adolescente, era muito ambicioso. Chegou ao ponto de dizer que, para obter dinheiro e fama, seria capaz de qualquer coisa... certo dia, numa casa velha que eles costumavam frequentar, lhe apareceu um homenzinho do tamanho de um gnomo, que lhe disse que o nome de sua banda deveria ser Beatles - palavra que ninguém sabe exatamente o que significa - e que ele teria tudo o que quisesse em bens materiais, caso lhe entregasse sua alma por toda a eternidade.

John Lennon aceitou a proposta do estranho ser, que desapareceu. Pouco depois os Beatles estouraram no mundo inteiro, como o maior fenômeno que já se viu. Ficaram muito  ricos e de uma fama inigualável  Foi então que vozes misteriosas começaram a perseguir um rapaz muito fã de John Lennon, chamado Mark Chapman, e lhe soprava nos ouvidos sem parar que ele devia matar Lennon. Acossado pela voz misteriosa, segundo ele próprio conta, armado com um revolver calibre 38, durante dias ele rondou o Edificio Dakota, aguardando o momento propicio. O dia fatídico foi 8 de dezembro de 1980, quando ele assassinou John Lennon com vários tiros.

Desse  modo, o homenzinho misterioso veio buscar sua parte no acordo, e a alma de John Lennon, assim dizem, vai penar por toda a eternidade...




Esta lenda foi contado por Chiara

Sugestões da nossa loja oficial, a LojaSobrenatural.com.br
Comentários