21 de março de 2013

Ladrão de Rins

Por Mariana Moreira

Essa é clássica, ou você vai dizer que nunca ouviu a "história" de que alguém acordou em uma banheira cheia de gelo e com os rins retirados como que num ato cirúrgico? Eu tenho certeza de que essa é uma das mais famosas lendas urbanas que se conhece. Aqui vai a história mais recente.

O seguinte fato aconteceu faz só uma semana em Buenos Aires. Um jovem decidiu ir a uma festa numa discoteca de lá, chamada "EstaDisco". Estava se divertindo bastante, bebeu algumas cervejas e conheceu uma garota que parecia gostar dele e que o convidou para outra festa. Logo ele aceitou e decidiu ir com ela. Foram a um apartamento onde acontecia outra festa, e continuaram tomando cerveja. Aparentemente lhe deram drogas (não se sabe qual ou quais). Depois disso só se lembra de ter acordado nu, numa banheira e cheia de pedras de gelo. Ainda sentindo os efeitos da droga e da cerveja, olhou em volta e estava completamente só.
Havia um bilhete colado na parede escrito: "Ligue para o Pronto Socorro no seguinte número ou morrerá." Viu um telefone por perto e ligou de imediato. Relatou o acontecido explicando que não sabia onde estava, que tinha bebido e o motivo da sua ligação. A atendente o orientou para sair da banheira e se olhar no espelho. Aparentemente estava normal. Então foi orientado para revisar as costas. Então percebeu 2 cortes de 15 cm cada na parte baixa das costas. A atendente o orientou para entrar de novo na banheira e aguardar até chegar a equipe de emergência que seria enviada.

Infelizmente tinham ROUBADO OS SEUS RINS e foi levado ao Hospital "Fernandez". Cada rim tem um valor de R$ 15.000 a 20.000 dólares no mercado Negro (ele nem sabia que existia isso).

Algumas deduções podem ser feitas: A segunda festa era uma farsa, as pessoas envolvidas tinham conhecimentos médicos e as drogas que lhe deram não eram nada divertidas.

Atualmente essa pessoa está no Hospital Fernandez, conectado a um sistema que o mantém vivo, esperando encontrar um rim compatível. Estão sendo realizados estudos de compatibilidade para encontrar um doador.

Existe uma nova máfia do crime organizado que tem como alvo pessoas que viajam a trabalho ou estudo. Esta máfia está bem organizada, financiada e conta com um pessoal altamente especializado. Age em muitas grandes cidades e recentemente está muito ativa em Buenos Aires. O crime começa quando a pessoa vai a um barzinho, boate ou discoteca. Uma pessoa se aproxima e ao vê-lo sentado só (de preferência) ou com um grupo de amigos, começa a bater papo. Na próxima cena, a pessoa acorda num quarto de hotel ou num apartamento submergido em gelo na banheira, e só consegue lembrar da última bebida que tomou. Há algum bilhete colado na parede para ligar para o Pronto Socorro. Ao ligar as atendentes que já conhecem este crime, o orientam para checar cuidadosamente e sentir se tem um tubo que sai da parte baixa das costas. Caso a pessoa encontre o tubo e responda positivamente, a atendente pede para ele não se mexer, e aciona os paramédicos para auxiliar. Ambos os rins foram retirados.

Isto não e uma farsa ou um conto de ficção, é real, tem sido documentado e confirmado. Se você sai só ou conhece alguém que o faz, preste muita atenção. Existem pessoas experientes e inescrupulosas, que conhecem muito bem de medicina, e que cometem este tipo de crime. A Polícia Federal tem recebido notícias sobre estes fatos e está preparando o seu pessoal.

Fonte: Sobrenatural.Org
Comentários