29 de março de 2013

Choro de um recém-nascido - Gritos de desespero

Por Fernando

O que vou relatar aqui é realmente um fato que eu presenciei. Se for algo sobrenatural de natureza má, ou qualquer outra coisa, cabe somente a sua interpretação dos fatos.

Em 2004, quando eu tinha 14 anos, assim como hoje, tinha muita dificuldade em dormir a noite, não por medo ou por nada. Nos meus 14 anos já não tinha preocupações com medos do sobrenatural, eu só tinha atenção para o amor inatingível (talvez motivo da noite de insônia da época), no qual não devo falar aqui.

Era uma noite normal, tranquila de verão, talvez primavera, me lembro que não estava frio. Deitei na cama sem sono, eu precisava dormir cedo, pois no dia seguinte eu tinha que ir para a escola, mas deitar sem sono na cama é a pior coisa que se faz quando se tem dificuldades para dormir.

Na cama agente perde noção do tempo, mas eu acho que já passava das três da manha, eu comecei ouvir um choro, choro de criança, de bebe. Nenhum dos meus vizinhos nunca tiveram nenhum filho pequeno, até pouco tempo quando chegaram novos vizinhos nenhum deles tinham filhos.

O choro não parecia vir de dentro de nenhuma casa, você percebe quando o som vem de algum lugar fechado por quatro paredes, vinha da rua, acho que da rua de traz (uma casa de distância) ou um pouco mais perto. Eu já estava a me irritar com o barulho, além de ter que enfrentar o sono no dia seguinte teria que aguentar uma noite irritante... Foi quando eu ouvi um grito alto de um homem com voz forte, parecia um grito de desespero aqueles do tipo: "Aaaaaaaaahhhhhhh" (eu nunca soube representar o grito, nem com a boca, muito menos com os dedos).

Depois disso só escutei o silêncio da noite. Não dormi, mas não foi pelo fato de escutar aquilo tudo, eu estava indiferente com aquilo, pois minha preocupação era outra, como eu disse aqui. Eu não me importei com isso, até algumas semanas depois...

Essa parte eu nunca soube contar muito bem, mas vou tentar fazer meu melhor aqui. Em algum final de semana depois disso, eu fui com uns amigos no sítio do avô de uma amiga nossa, lugar muito bonito! Bem de noite, um monte de adolescentes em um lugar escuro no meio do nada, sempre acaba em história de terror. Mas ninguém conhecia nenhuma boa, então decidimos pedir pro avô da nossa amiga contar, vocês sabem como é pessoa velha de cidadezinha sempre tem alguma coisa assustadora pra contar, eu lembro das palavras dele:

 -Eu não conheço nenhuma história de terror desculpem, mas vou contar uma coisa que um conhecido meu me contou a muito tempo atrás.

Foi aí que ele começou, sem se preocupar em despertar o lado do "medo-curioso" de cada um como estou tentando fazer aqui, ele contou aquilo normalmente. E aqui vão as palavras dele (pelo menos o que me lembro delas):

"Não é bem uma história de terror, é mais sobre superstição dos tempos mais antigos, na época que as pessoas carregavam amuletos da sorte, de proteção etc.

Meu amigo era um desses supersticiosos e carregava alguns dentes de alho no bolso da camisa. Certa noite ele estava voltado de algum lugar a cavalo, ele tinha que passar no meio de um canavial. E no caminho ele viu um bebe chorando na beira da estrada. Lógico que ele não podia deixar o bebe lá, então ele pegou seu grande chapéu de palha e colocou o bebe, colocou o chapéu no colo subiu no cavalo e continuou a viagem.

No meio do caminho ele escutou uma voz maléfica vindo do meio do canavial dizendo algo do tipo: 'Anda logo! Não vai fazer nada com ele não!?' e foi quando ele viu o bebe falando, não tinha certeza se a voz vinha de sua boca, mas vinha dele. 'Não posso! Ele está com alho' era o que dizia. Sem pensar meu amigo jogou o bebe no meio do canavial e sai disparado com o cavalo."      

Alguns minutos depois não deu para deixar de relacionar com o que eu tinha presenciado semanas atrás...

Até hoje não tenho uma opinião formada sobre isso, mas acho que é a coisa mais sobrenatural que já presenciei e que tenho certeza do que realmente aconteceu... Cabe a vocês o que vocês acreditam, mas eu gostaria de ouvir algumas opiniões construtivas, se alguém sabe mais alguma coisa sobre algo do tipo.
Tentei colocar isso aqui de uma maneira bem escrita e que chamasse a atenção pois gostaria que vocês se interessassem, apesar do modo de escrever não inventei nada aqui.

Obrigado pelo tempo e atenção!

Fonte: Sobrenatural.Org
Comentários