16 de janeiro de 2013

Um encontro com Marcianos?


Por José Roberto

Oi! O que passo a relatar aconteceu com o marido de uma tia minha e o irmão dele, na década mais ou menos quando nasci, eu nasci em 1967...

Nessa época moravam no distrito de Bulhões, na zona rural de Resende. Até hoje é um lugar de dificil ascesso, dista 10Km do centro da cidade, pouca infra-estrutura, e na época em que aconteceu era um lugar bem prosaico, coisa de interior mesmo... Um lugar em que todos se conhecem e cuidam um da vida do outro... Não revelo os nomes porque as duas pessoas envolvidas já morreram, a última a morrer eu pude conhecer bem, e conversar sobre o assunto e ele me confirmou toda a história contada por minha mãe, sem titubear em nenhum detalhe, e até achou graça do que lhe aconteceu...

Bom, os dois homens, esse meu tio e o irmão dele, haviam dançado até altas horas num forró num sítio da região, e voltavam pra casa do mais velho. Ele morava perto de uma antiga pedreira de Bulhões. Eles sairam caminhando pela estrada deserta e resolveram cortar caminho pelo pasto pra chegar mais rápido em casa.


No meio do pasto, seguindo pela trilha feita pelos bois, eles caminhavam tranquilamente conversando amenidades, quando de repente surge em sua frente quatro homenzinhos meio reluzentes, parece que a roupa que usavam era esverdeada e brilhava com o luar... Eles surgiram do nada no meio do pasto.
Sem falar nada, totalmente calados, cercaram os dois... Estou falando de dois 'negões' de mais de 1.80m de altura! Os dois homenzinhos pareciam anões, e cercaram a passagem dos dois. Um olhou pro outro e pensaram que eles queriam briga, apesar de os acharem muito estranhos, um falou pro outro: "vamos encarar"...

Foi a pior coisa que podiam ter feito. Os homenzinhos eram muito fortes, os pegaram pelas pernas, os arrastaram e os colocaram numa "coisa de metal ovalada"... Foram jogados dentro dessa coisa e sentiram ela levantar voo.

Dizem que foram subindo e foram vendo o pasto, os animais, as casas das fazendas, viram as luzes da cidade... até que viram toda a Terra. Eles afirmavam que subiram tão alto que viram toda a Terra! Disseram que foram examinados, apareceram outros homenzinhos que pareciam ser médicos, examinaram olhos, ouvidos, boca, tiraram sangue, passaram cremes e rasparam sua pele...

Depois de um certo tempo "a coisa ovalada" começou a descer, eles viram que estavam sendo devolvidos pra casa, apagaram e não sabem como voltaram pra casa.

No outro dia já de tarde, com a procura da família e amigos da região, foram encontrados desacordados numa das fendas da pedreira. Foi preciso chamar o resgate do corpo de bombeiros de Barra Mansa, cidade vizinha, porque na época Resende não tinha corpo de bombeiros, para que eles fossem retirados da fenda da pedra.

O povo não acreditou na estória que contaram, falavam que eles eram dois cachaceiros e que haviam bebido muito no forró... Alguns da família repetem esse ocorrido até hoje, mas muito mais por piada que por acreditar neles.

Antes de morrer eu conversei com o mais novo que repetiu todos os detalhes, chegando dizer que se lembrava até do cheiro forte dos homenzinhos e também da sua força e rapidez descomunal. Ele era um negão forte, e gostava de capoieira, tanto ele quanto o irmão, aliás, todos na familia são grandes, mas não conseguiram ficar de pé diante daqueles homenzinhos esverdeados.

Perguntei-lhe por que ele achava que eram marcianos, ele me disse que sempre ouviu falar que homenzinhos verdes vem de Marte... Aí eu lhe disse que Marte é o planeta vermelho... Ele achou graça... Era um bom homem... Muito boa pessoa, bom papo, muitas histórias...

Esse foi o relato, espero que gostem...

Fiquem com Deus...

FonteOriginalmente publicado no site Sobrenatural.Org (Ver postagem)

Sugestões da nossa loja oficial, a LojaSobrenatural.com.br
Comentários