22 de janeiro de 2013

Entre a vida e a morte...


Por Orquídea

Queridos, o que vou relatar aconteceu há uns 3 mêses com alguns membros da minha família. Para preservar as pessoas, usarei nomes fictícios.

Tenho uma tia que tem um filho e duas filhas. Uma delas, a Maria, é separada e está morando com a minha tia. Ela teve 3 filhos com o seu ex-marido. São todos adolescentes e moram com o pai; mas, nos  finais de semana ficam com a mãe. São três jovens maravilhosos, o qual eu nutro muita estima por eles.

Bem, quando foi uma noite antes de dormir, Maria fez sua oração de costume. Só que naquela noite foi diferente. Quando ela já estava se preparando para se deitar, uma Voz ecoou em seu coração com urgência: "Ore, ore muito pelo seu filho João." Maria então, em aflição, se ajoelhou novamente e orou com todas as forças pelo seu filho, sem saber exatamente o que estava acontecendo com ele.

Quando terminou a oração, comentou com sua mãe, a minha tia, que se angustiou. Quando iam ligar para os  seus filhos, o telefone tocou. Era alguém informando que João havia passado muito mal e tinha sido levado para o hospital, que o médico havia examinado o jovem, feito exames com urgência e diagnosticado que ele estava com um quadro gravíssimo de apendicite. Sua apêndice havia estourado e todo o pus havia se espalhado pelo seu abdomem , inclusive atingido o fígado, que João estava entre a vida e a morte, e que teria que passar por uma cirurgia de emergência e só um milagre poderia salvá-lo.

Foi um desespero total para todos da família. Minha tia então ligou para sua outra filha, lhe contando o que havia ocorrido e pedindo que ela orasse pelo João. Essa filha do outro lado da linha, mulher de muita fé, após ouvir tudo, disse-lhe tranquilamente:

- Mãe, eu estava aqui em casa, quando de repente senti dentro de mim para orar pelo João que ele estava correndo perigo. Orei, orei muito. Não sabia o que estava acontecendo. Foi quando tive a visão do João com dois anjos ao seu lado. Não se preocupe, eles vão cuidar dele.

João passou pela cirurgia e os médicos não garantiram que ele iria sobreviver. Após a cirurgia foi para a UTI.  No dia seguinte minha prima foi visitá-lo. Ele já estava com os olhinhos abertos e com sua voz bem fraquinha. Chamou sua mãe para bem pertinho dele e lhe disse baixinho:

- Mãe, eu estava aqui deitado, meio inconsciente, quando vi dois anjos com vestes resplandecentes descerem aqui na cabeceira da minha cama. Um deles colocou a sua mão sobre a minha barriga por alguns segundos e depois subiram  para os céus.

A recuperação de João foi considerada milagrosa.

Fonte: Sobrenatural.Org

Sugestões da nossa loja oficial, a LojaSobrenatural.com.br
Meu Anjo Meu Anjo R$ 10,00
Santos e Anjos Santos e Anjos R$ 34,90

Comentários